quarta-feira, 29 de abril de 2015

Confronto entre PM e docentes deixa 150 feridos no PR

Cerca de 150 manifestantes ficaram feridos durante confronto com a Polícia Militar no Centro Cívico da capital paranaense, nesta quarta-feira (29), afirma a Prefeitura. Dentre os feridos, 35 pessoas que precisavam de atendimento médico foram encaminhadas a hospitais, principalmente o Hospital Cajuru. 

Os professores da rede estadual e servidores em greve do Estado protestam contra o projeto de lei Paraná Previdência, que foi aprovado em primeira sessão na segunda-feira (27) por 31 votos a 21. A segunda votação que promete mudanças na previdência dos servidores foi marcada para esta quarta-feira (29) por Nelson Justus (DEM), presidente da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania).

O confronto começou por volta das 15h, no Centro Cívico, em frente à Assembleia Legislativa, quando os deputados estaduais começaram a sessão para votar um projeto de lei (PL) que altera a previdência estadual. A Polícia Militar usou bombas de gás, balas de borracha e jatos de água para dispersar os manifestantes. Os professores recuaram, mas os policiais continuaram jogando bombas de efeito moral. Agora o confronto acabou, mas os professores continuam protestando no Centro Cívico. Leia mais em  http://noticias.bol.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário