quarta-feira, 30 de julho de 2014

Correr 10 minutos reduz risco cardíaco em 45%

Foto: reprodução / Correr de 5 a 10 minutos por dia pode ser suficiente para reduzir pela metade o risco de morte por doenças cardíacas, e pode aumentar em 3 anos a expectativa de vida.

É o que mostra um estudo norte-americano da Universidade de Iowa, publicado na revista científica Journal of the American College of Cardiology.

De acordo com a pesquisa, poucos minutos diários de corrida possibilitam uma redução de até 45% na probabilidade de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral (AVC) em homens e mulheres.

Os especialistas, coordenados por Duck-chul Lee, professor de cinesiologia - ciência que estuda o movimento - acompanharam mais de 55.000 adultos ao longo de 15 anos para investigar os benefícios da corrida.

"Descobrimos que as pessoas que correm diariamente podem viver, em média, mais 3 anos do que as que não praticam corrida e podem também reduzir o risco de mortalidade devido a doença cardíaca, ou acidente vascular cerebral, em 45%", afirma Lee.

A corrida
"A velocidade, a distância, ou a duração da corrida não são significativas, já que as pessoas que correm menos de uma hora por semana experimentam os mesmos benefícios que as que correm três horas ou mais".
Além disso, acrescenta Lee, "correr menos de 9,5 quilômetros por hora é suficientemente eficaz para prevenir uma morte precoce associada a quaisquer causas".

"A maior parte das pessoas diz que não têm tempo para fazer exercício ou para aumentar a prática de atividade física, mas eu acredito que qualquer um pode encontrar cinco a 10 minutos por dia para correr em nome dos benefícios para a saúde", defende o pesquisador.

"Acho que é importante que as pessoas se empenhem e comecem a correr, pelo menos, entre 5 a 10 minutos por dia", conclui Lee, frisando que, mais do que procurar aumentar a saúde através da redução do peso, é fundamental tratar o problema a partir da raiz e promover hábitos positivos todos os dias. Com informações do Boas Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário