quinta-feira, 31 de julho de 2014

Comissário sugere que passageiros se livrem de drogas antes do pouso

Avião da Jetstar (imagem meramente ilustrativa): Reuters
A empresa Jetstar emitiu nota oficial pedindo desculpas por um incidente ocorrido quando um avião da empresa se aproximava do aeroporto internacional de Sydney (Austrália). 
"Fomos informados que há cães farejadores de drogas e agentes do serviço de quarentena esperando no terminal doméstico. Se você precisa se livrar de alguma coisa com a qual não deveria estar, sugerimos o sanitário do toalete", disse, de acordo com o "Daily Telegraph", um comissário de bordo aos 210 passageiros - muitos deles estavam retornando de um festival de música em Byron Bay. 
Após o alerta, vários passageiros fizeram fila na entrada dos toaletes. 
Um porta-voz da companhia confirmou que a reportagem do jornal estava correta.
"As palavras usadas pela tripulação foram péssimas e não combinam com o padrão profissional que esperamos da nossa equipe", afirmou a empresa.
Na web, a atitude do comissario foi comemorada. Ele chegou a ser chamando de "bom samaritano".
A Polícia Federal da Austrália não se pronunciou sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário