terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Prefeituras entram 2015 com “a corda no pescoço”

Os prefeitos que se esforçaram no ano eleitoral para ajudar a eleger seus candidatos, fecham 2014 com a receita de seus municípios escuras, principalmente aqueles que dependem do FPM. O fundo tem crescimento zero no ano para decepção de quem esperava confirmar a previsão do Tesouro Nacional de 19% de crescimento. As prefeituras entram 2015 com a corda no pescoço! Fonte:Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário