domingo, 30 de dezembro de 2012

Você sabia? Quem mora de aluguel pode sublocar o imóvel, se o dono estiver ciente


Antes condenada por proprietários e imobiliárias, a sublocação de imóveis residenciais parece ter perdido a aura de contrato proibido e se tornado um negócio viável. 
Para realizar projetos temporários que os obrigam a se mudar, locatários, sobretudo na faixa dos 30 anos, têm sublocado seus apartamentos. E tudo com a anuência do dono do imóvel alugado. A ideia desses inquilinos que se transformam em "locadores temporários" é cortar despesas no período de ausência das residências, além de evitar o inconveniente de ter de desmontar um lar em pouco tempo. Professor de direito, André Gualtieri de Oliveira, 32, passou os primeiros oito meses de 2012 fora do apartamento que aluga há cinco anos no bairro de Santa Cecília, região central de São Paulo. Após a mulher ganhar uma bolsa para um curso em Madri (Espanha), eles decidiram sair do imóvel para não ter de arcar com os custos do aluguel e do condomínio. "Chegamos a olhar depósitos para deixar as nossas coisas. Mas já estávamos acostumados com o apartamento, então achamos melhor sublocar", diz Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário