sexta-feira, 27 de abril de 2012

MUNDO: Garoto que teve diagnóstico de morte cerebral está acordado há 4 anos

Aos 17 anos, Steven Thorpe sofreu um acidente de carro ao bater em um cavalo que corria na estrada e foi levado ao hospital com sérios ferimentos. Após uma cirurgia de emergência, os médicos do Hospital Universitário de Coventry, no Reino Unido, declararam a morte cerebral do garoto. Os pais foram contra o desligamento das máquinas e pediram uma segunda opinião sobre o caso, o que resultou na recuperação de Thorpe, informou o "The Sun" nesta terça-feira (24).

Quando a equipe médica pediu para os pais considerarem a doação de órgãos, eles procuraram uma médica particular, a Dra. Julia Piper, para uma nova avaliação do caso. E, ao realizar novos exames, a Dra. Piper encontrou leves ondas cerebrais que poderiam ser um pequeno sinal de recuperação.

Para a surpresa dos médicos, o garoto reagiu muito bem ao ser tirado do coma induzido e dos aparelhos da UTI. Há quatro anos ele mostrou que a sua vontade de sobreviver foi maior do que os diagnósticos de morte cerebral e hoje, aos 21 anos, tem certeza de que só sobreviveu pela insistência de seu pai.

"Acho que quando os médicos falaram sobre a doação de órgãos meu pai renovou sua energia. Se ele não tivesse buscado uma segunda opinião eu não estaria aqui hoje", disse Steven Thorpe ao jornal.

O garoto faz sessões de fisioterapia semanais e já passou por quatro operações para reconstruir seu rosto, incluindo a construção de um novo nariz e a criação de uma órbita ocular artificial. (Com informações do "The Sun") Do BOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário