segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Apenas 638 municípios serão governados por mulheres no Brasil

Das 26 capitais brasileiras, apenas uma, Boa Vista (RR), será governada por uma mulher, onde Teresa Surita (PMDB) se elegeu no primeiro turno. A situação é idêntica à de 2012, quando a própria Teresa Surita era a única mulher entre os prefeitos das capitais. 

No segundo turno, duas mulheres concorreram à prefeitura de capitais neste ano: Angela Amin (PP), em Florianópolis, e Rose Modesto (PSDB), em Campo Grande, mas ambas perderam nas urnas.

Das 57 cidades onde foi disputado o segundo turno, apenas uma mulher ganhou: Raquel Lyra (PSDB), em Caruaru (PE). Ela se soma às 637 mulheres que se elegeram prefeitas no primeiro turno, de um total de mais de 5 mil cidades brasileiras.

Esta é a segunda eleição municipal com a vigência da lei 2.034/2009, que estabelece que "cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% (trinta por cento) e o máximo de 70% (setenta por cento) para candidaturas de cada sexo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário