sábado, 30 de novembro de 2013

Fotos íntimas vazam na internet e adolescente de 16 anos procura a polícia

Campo Grande News
Uma adolescente de 16 anos procurou a Polícia Civil nesta sexta-feira (29) depois que fotos íntimas dela vazaram na internet. O caso está sendo investigado pela DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e do Adolescente) e relembra dois casos de repercussão nacional quando duas adolescentes cometeram suicídio depois que fotos íntimas também vazaram na internet.

Ao delegado Paulo Sérgio Lauretto, a jovem disse em companhia da advogada Liz Leide da Costa D’abadia que as fotos foram tiradas por ela no início do ano dentro do quarto. Os registros mostram a menina nua em cenas sensuais.

Todas as fotos ficaram salvas no celular da menina, ela contou ainda que em razão do aparelho ter senha, ela se sentia segura em manter as fotos no telefone.

Recentemente, a adolescente foi até uma festa e ingeriu bebida alcoólica. Durante a confraternização, a menina entregou o cartão de memória do celular para ser colocado na caixa de som do local.

Embriagada, a menina chegou em casa por volta das 4 hora da manhã do dia seguinte e se deu conta que o celular e o cartão de memória foram furtados. No mesmo dia, as fotos foram publicadas e compartilhadas em perfis no Facebook e no Instagram, rede social de fotografias.

Conforme o delegado, perfis falsos foram criados para compartilhar as fotos íntimas. 

Diante da situação, a jovem publicou em sua página na rede social que procuraria a polícia em razão da exposição. Conforme a Polícia Civil, um inquérito policial será aberto para apurar o caso.

Um comentário: