sábado, 5 de agosto de 2017

XP Investimentos: 42% apostam na vitória de Doria; Huck lidera entre 'alternativos'

Foto: Divulgação/PSDB
A XP Investimentos, maior gestora de ativos do país, realizou pesquisa relacionando os possíveis cenários da corrida presidencial em 2018 e suas consequências para a Bolsa de Valores e o dólar. Dos 168 investidores e mais de 400 assessores entrevistados entre os dias 31 de julho e 2 de agosto, 42% acreditam que o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), vencerá o pleito; 38% apostam no governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB); 6% avaliam a vitória do ex-presidente Lula. Marina Silva e Jair Bolsonaro aparecem empatados com 3% e 2% consideram o senador Álvaro Dias (PV-SP). Dos entrevistados, 6% citaram outros nomes. Dos eventuais candidatos alternativos, o apresentador Luciano Huck lidera, com 13%; empatado com o ministro Henrique Meireles e com o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal. O técnico das seleções masculina e feminina de volêi, Bernardinho, vem em quarto, com 11%, seguido do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (9%); do ex-ministro Ciro Gomes e do presidente de Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que estão empatados na casa dos 7%. Com pouco mais de 4% aparecem o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; o juiz Sérgio Moro; a ministra do STF, Carmen Lúcia; e o senador Aécio Neves (PSDB); o presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setúbal; e ainda um eventual candidato “outsider” não especificado. Quando a pesquisa é realizada com os escritórios afiliados da XP, o resultado varia e amplia a margem de Doria: 61% creem na sua vitória. No segundo lugar, a aposta é Bolsonaro (15%). Na sequência aparecem Alckmin (12%); Lula (5%); e Álvaro Dias (3%). Marina Silva e Ciro Gomes empatam com somente 1%; 2% citaram outro nomes. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário