terça-feira, 1 de agosto de 2017

Jucá diz que deputado do PMDB que votar contra Temer sofrerá consequências

Ele ainda disse que não tem expectativa sobre a votação.
Após se reunir com membros da equipe econômica no Ministério da Fazenda, nesta terça-feira (02), o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), afirmou à jornalistas presentes que "terá consequências" para deputados peemedebistas que votarem a favor da continuidade da denúncia contra o presidente Michel Temer.

Ao ser questionado por repórteres sobre possibilidade de expulsão de deputados do PMDB que votarem a favor da acusação de corrupção passiva contra Temer feito pela Procuradoria Geral da República (PGR), Jucá disse: "Veremos".

Ele ainda disse que não tem expectativa sobre a votação agendada para acontecer nesta quarta (02) na Câmara do Deputados. "Quem tem que botar 342 votos é a oposição. Quando nós precisamos colocar 342 votos para tirar a Dilma, nós colocamos. Quem quer tirar o Michel tem a obrigação de colocar 342 votos. Essa não é obrigação da base do governo", disse o líder do governo no Senado referindo-se a necessidade de voto de pelo menos 342 deputados para que o inquérito prossiga para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Nenhum comentário:

Postar um comentário