sexta-feira, 7 de julho de 2017

ILHÉUS-BA: MPT e MP pedem que Justiça nomeie aprovados em concurso de 2016

Foto: Francis Juliano / Bahia Notícias
O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia e o Ministério Público (MP-BA) acionaram na Justiça o Município de Ilhéus, no litoral sul, para que efetive a contratação de aprovados em um concurso público feito em 2016. Ao todo, 531 pessoas aguardam serem nomeados para os cargos de salva-vidas, auxiliar de serviços gerais, médico cardiologista, médico pneumologista, enfermeiros, professor e arquiteto. Segundo o MPT e o MP, foi comprovado que há vagas suficientes, no entanto, as mesmas não são ocupadas por concursados. Os órgãos pedem ainda que o Município, o prefeito Mário Alexandre Correia de Sousa e o secretário da Administração, Bento José Lima Neto, paguem indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 10 milhões. O objetivo dos Ministérios Públicos é que a Justiça determine a dispensa dos funcionários contratados temporariamente e nomeie os concursados, sob pena de multa diária de R$2 mil por dia, em caso de desobediência. A primeira audiência do caso está marcada para o dia 30 de agosto na 1ª Vara do Trabalho de Ilhéus, mas até lá se espera que uma liminar determine a nomeação dos aprovados. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário