terça-feira, 4 de julho de 2017

BA: Sem licitação, cachês pagos pela Bahiatursa em festas juninas somam mais de R$ 3 milhões

por Jamile Amine
Aviões do Forró e Matheus e Kauan foram os mais bem pagos | Foto: Divulgação
O investimento do governo baiano com o pagamento aos artistas que animaram as festas juninas, na capital e interior, somou o valor de R$ 3.139.500. Os números e os contratos firmados com inexigibilidade de licitação, pela Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), foram divulgados na edição de sábado (1º) do Diário Oficial do Estado (clique aqui e confira a publicação). Aviões do Forró e Matheus e Kauan que tocaram, respectivamente, nos municípios de Itabuna e Irecê, receberam os maiores cachês, no valor de R$ 150 mil cada. O forrozeiro Dorgival Dantas ficou logo atrás, tendo recebido R$ 130 mil por um show em Jequié. O terceiro maior cachê é de Léo Santana, que recebeu R$ 120 mil para tocar em Ipiaú. Outro cachê com três dígitos foi para Saulo, que se apresentou em Salvador por R$ 100 mil. O mesmo valor foi pago por cada um dos shows que Simone e Simária fizeram no interior baiano: um em Ilhéus e outro em Ibicuí. Confira a tabela completa organizada por artistas (veja aqui), valores de cachê (veja aqui) e cidades que receberam os shows (veja aqui). Os valores publicados no DOE deste sábado não fazem parte do edital de seleção pública feito pela Bahiatursa, que distribuiu mais de R$ 6,5 milhões entre 87 municípios baianos para auxiliar nos festejos juninos (relembre aqui). BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário