quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Ministro que censurou Revista Veja, já trabalhou para o PT

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Admar Gonzaga Neto, que proibiu a revista “Veja” de veicular publicidade da atual edição e deu direito de resposta à Dilma, trabalhou na campanha da petista em 2010. Em junho de 2013, Dilma o nomeou ministro-substituto do TSE. Entidades de defesa da imprensa consideraram censura a decisão judicial. 
A capa da “Veja” desta semana estampa as fotos de Dilma e do ex-presidente Lula, com o título “Eles sabiam de tudo”. 
Segundo a revista, o Doleiro Youssef teria afirmado em depoimento acreditar que Lula e Dilma sabiam da Corrupção na Petrobras
*http://goo.gl/fnH9SA.  por BLOG DO MARIO FORTES

Nenhum comentário:

Postar um comentário