sexta-feira, 4 de agosto de 2017

PSDB suspende discussão sobre saída da base de Temer; Aécio sinaliza Alckmin em 2018

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil
O PSDB suspendeu as discussões sobre o desembarque do governo de Michel Temer, depois que o grupo que pregava a saída foi derrotado no plenário. A decisão foi informada ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que pregou a saída da base e levou o crédito pela decisão do líder da bancada, Ricardo Tripoli (PSDB-SP), de orientar deputados do partido a votar contra o presidente. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o placar dos tucanos na votação deixou Alckmin exposto e fez com que Tasso Jereissati (CE), presidente interino do PSDB, perdesse força para reforçar a renúncia do senador Aécio Neves (MG) à presidência da sigla. Pro outro lado, integrantes do PSDB de São Paulo relataram que em contato com Alckmin nesta quinta-feira (3), Aécio fez um aceno, dizendo que ainda em dezembro o partido deverá anunciar o candidato à Presidência em 2018. A definição prejudicaria o prefeito de São Paulo, JOão Doria, que disputa internamente com Alckmin e teria de assumir que pretende deixar a administração quase um ano antes da eleição. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário