domingo, 6 de agosto de 2017

Na votação que salvou Temer, PT, PMDB e PSDB miraram anistia geral para todos em 2018

Opinião do editor - http://polibiobraga.blogspot.com.br
A votação que garantiu Michel Temer na presidência, demonstrou que houve mesmo um acordo surdo entre PT, conforme denúncia de um deputado da esquerda, no caso Silvio Costa, do PTdoB (garantindo o quorum, embora votando contra, sabendo que isto não tinha importância), PMDB e PSDB.

Já se sabe que Rodrigo Janot não terá fatos novos contra Temer (leia nota a seguir), embora vá protocolar ainda assim novo pedido ao STF para processar o presidente, o que tornará ainda mais robusta a defesa e nova vitória na Câmara.

A aliança PT, PMDB e PSDB, estará mais fortalecida para salvar mais adiante os seus líderes - Lula, Temer e Aécio - além dos 300 picaretas que de uma ou de outra maneira são ou serão investigados, denunciados, condenados e enfiados na cadeia.

Será o fim da Lava Jato, que morrerá pelas mãos do andar de cima, tal como aconteceu com a Operação Mãos Limpas na Itália.

Nenhum comentário:

Postar um comentário