quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Deputados salvam Michel Temer de investigação por corrupção no STF

SE ELE É SUSPEITO E DIZ QUE NÃO DEVE, PORQUE NÃO INVESTIGAR ? (TN)
Daniela Garcia, Felipe Amorim, Gustavo Maia e Luciana Amaral
Do UOL, em Brasília
Em sessão que começou pouco depois das 9h desta quarta-feira (02) e ainda não terminou, a Câmara dos Deputados decidiu barrar a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB), acusado de corrupção passiva junto com o seu ex-assessor Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-PR).

Embora a votação ainda continue em andamento, a base aliada já conseguiu os 172 votos necessários para impedir o prosseguimento da investigação (159 "sim" pela rejeição da denúncia, 12 ausentes e 1 abstenção). O voto que sacramentou o resultado foi do deputado Aureo (SD-RJ), às 20h26. Ele foi o 286º deputado a ser chamado.

Entre as justificativas usadas nos votos, diversos deputados afirmaram que a permanência do presidente Michel Temer seria importante para dar estabilidade econômica ao país. Alguns congressistas também se referiram ao reforço da agricultura prometido pelo presidente, que na terça-feira (1º) teve um almoço com representantes das bancadas ruralistas da Câmara e do Senado.LEIA TUDO AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário