sábado, 29 de julho de 2017

Polícia Federal, sem verbas, diminui ações na Lava Jato

Em entrevista à Rede Globo, o procurador Deltan Dallagnol falou do prejuízo à Lava Jato provocado pelo corte de recursos para a Polícia Federal.

“Há uma série de linhas de investigação que estão paradas ou andando de modo lento, quando elas poderiam já estar avançadas. Veja que das últimas sete operações pedidas e deflagradas na Justiça, da Lava-Jato, seis partiram do Ministério Público Federal (MPF), apenas uma da Polícia Federal. Se a PF estivesse com recursos humanos, tivesse com uma equipe adequada, nós teríamos, em vez de sete, 12 operações, seis da PF e seis do MPF”, disse Dallagnol na entrevista à TV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário