quinta-feira, 20 de julho de 2017

Pessoas em situação de rua são acordadas com jatos de água em noite fria de SP

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil
Pessoas em situação de rua de São Paulo, cidade que vive um dos períodos mais frios do ano, com temperaturas que chegaram na casa dos 8ºC nesta quarta-feira (19), foram acordados com jatos de água fria. De acordo com reportagem da rádio CBN, a atitude foi cometida por uma empresa privada contratada pela prefeitura de São Paulo, comandada por João Dória (PSDB). Essas pessoas foram acordadas com água fria e reclamam que isso é recorrente. O flagrante feito pela reportagem da CBN ocorreu por volta das 7h (horário de Brasília) desta quarta. A reportagem ainda cita que, no momento da ação da empresa, não havia nenhum assistente social, policial militar ou integrante da Guarda Civil Metropolitana. Ainda segundo a rádio, os jatos não foram disparados em cima dos moradores, mas sim do seu lado. Entretanto, as pessoas dormiam e foram acordadas com água espirrando. “A limpeza chega já jogando a água, recolhendo tudo, quem estiver dormindo na calçada aí… Não dá nem tempo de levantar. Molha tudo, tem muita coberta molhada, perde de tudo”, afirmou um morador à reportagem. Outros moradores reportaram que, mesmo no frio, diversas vezes a empresa chega no meio da madrugada, sem aviso prévio. Uma pessoa que vive na rua morreu na zona oeste paulista na tarde de terça (18), a mais fria do ano na capital. Ele não tinha marcas de violência, indicando que a morte pode ter sido provocada pela baixa temperatura (veja aqui).
TN: É DESTA FORMA QUE O SENHOR CUIDA DE SERES HUMANOS SENHOR PREFEITO???

Nenhum comentário:

Postar um comentário