sexta-feira, 28 de julho de 2017

O show tem que continuar

do Ricardo Noblat
Para quem tenha de depor diante de um juiz, nada mais cômodo do que fazê-lo por meio de videoconferência. Economiza tempo do juiz e do depoente. Economiza gastos do depoente e dos seus advogados com deslocamentos para outras cidades. É mais civilizado e eficiente.

Mas esse não parece ser o caso para Lula. O juiz Sérgio Moro, no último dia 20, acenou com a possibilidade de Lula ser interrogado em setembro por meio de videoconferência no processo em que é acusado de corrupção em contratos firmados entre a Petrobrás e a Odebrecht. Leia Mais »

Nenhum comentário:

Postar um comentário