quarta-feira, 19 de julho de 2017

Integrantes da PGR elogiaram soltura de Geddel

Radar On-Line, VEJA
O desembargador Ney Bello vem levando saraivadas da opinião pública por ter autorizado Geddel Vieira Lima a cumprir prisão domiciliar.

A medida, porém, agradou a quem menos se esperava. Bello recebeu mensagens de integrantes da PGR elogiando a decisão, sob argumento de se tratou de um despacho tecnicamente correto.

Isso significa que ao menos uma parte da equipe de Rodrigo Janot não aprovou o pedido de prisão feito pelos colegas da Procuradoria da República do Distrito Federal, braço da instituição que atua na primeira instância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário