quarta-feira, 30 de abril de 2014

Renan aceita criação de CPI mista da Petrobras

Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), aprovou a criação de uma CPI mista da Petrobras e afirmou, nesta quarta-feira (30), que se algum partido se recusar a apresentar nomes para compor a comissão, ele mesmo fará as indicações. “Se não houver indicação, caberá ao presidente do Congresso fazê-la. E eu vou fazer isso, acatei o princípio constitucional previsto na liminar do Supremo. Na terça me reunirei com os líderes do Congresso para pedir que indiquem os membros e instalem a CPI mista, a exemplo do que fiz ontem no Senado”, disse Renan. Segundo o jornal O Globo, a decisão contraria os senadores e deputados petistas, por considerarem mais difícil proteger o Palácio do Planalto em um colegiado parlamentar ampla. O senador Humberto Costa (PT) resiste à ideia de uma CPI mista. “Só vamos aceitar indicar qualquer coisa para CPI mista se for em 20 de maio. Hoje, a posição de quem quer fazer CPI mista é não querer apurar nada, só montar palanque eleitoral”, afirma.BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário