sábado, 28 de abril de 2018

Empresário declara que foi pago por PSDB na Suíça; valor se refere à campanha de Serra

Foto: Reprodução / PSD-RJ
O empresário e ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho declarou à Polícia Federal ter recebido 6,5 milhões de euros [câmbio desta sexta-feira (27)]do PSDB. O montante, equivalente a R$ 27,2 milhões, teria sido repassado entre 2009 e 2010. Segundo o Estadão, a soma era referente ao valor de empréstimo de avião de Cezar Coelho para a campanha presidencial do PSDB. À época, o hoje senador José Serra (SP) era o candidato tucano. O empresário disse que o dinheiro foi depositado em contas na Suíça. Ainda segundo o Estadão, O ex-deputado foi interrogado em 7 de fevereiro no inquérito que investiga se recursos do Rodoanel Trecho Sul, em São Paulo, teriam abastecido a campanha de Serra ao Planalto. Baseada na delação da Odebrecht, a investigação está no Supremo Tribunal Federal. No entanto, ex-executivos da Andrade Gutierrez e da OAS também admitiram repasses de 0,75% a intermediários supostamente em benefício do tucano. Cezar Coelho afirmou que deixou a aeronave dele para o PSDB já em 2009. Naquele ano, acrescenta Coelho, o então presidente do partido, Sérgio Guerra (morto em 2014), viajava em busca de alianças. Procurado, José Serra não quis se manifestar. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário