sexta-feira, 29 de abril de 2016

DF: Réu é morto a tiros ao estacionar pouco antes de ir a júri popular

Foto: Divulgação/PM
Um homem acusado de tentativa homicídio foi assassinado na manhã desta quinta-feira (28), pouco antes de ir a júri popular no Fórum de Santa Maria, no Distrito Federal. Testemunhas afirmam que ele havia acabado de estacionar no prédio e falava ao telefone com o advogado quando um carro parou ao lado dele e seus ocupantes deram início aos disparos. Segundo a polícia, houve mais de 50 tiros. De acordo com o G1, a vítima, identificada como Rafael Wanderson Otaviano, de 35 anos, era réu em um processo de tentativa de homicídio qualificado ocorrido em 8 de agosto de 2010. Junto com Galba Rogério Otaviano da Silva, que está preso pelo crime, o acusado teria atirado diversas vezes contra uma pessoa desarmada, que trocava o pneu do carro. Ambos negavam ter cometido o crime. Seguranças do tribunal chegaram a trocar tiros com os indivíduos, mas eles estavam fortemente armados e conseguiram fugir. O advogado da vítima, Delcio Gomes de Almeida, conta que também havia acabado de estacionar quando o crime ocorreu. O julgamento foi suspenso e a Polícia Civil investiga o crime. Agentes estiveram no fórum para a perícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário