quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Casamento previne ataque cardíaco, diz estudo

Casar faz bem ao coração, literalmente. Pelo menos, é o que indica um estudo do Hospital Universitário Turku, na Finlândia, que apontou menores chances, entre homens e mulheres casados, de sofrer ataques cardíacos em comparação aos solteiros. Os pesquisadores examinaram 15.330 incidentes de síndrome cardíaca aguda (ataques cardíacos e angina instável), por mais de dez anos, e mais da metade resultou em mortes ao longo de 28 dias. Entre os óbitos, dois terços eram de solteiros. Na publicação especializada “European Journal of Preventive Cardiology”, os autores do levantamento escreveram que o casamento protege a saúde devido ao apoio social entre homens e mulheres, que pode ter consequências na sobrevivência de cada um.BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário