segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Médica escreve carta antes de morrer de câncer: 'A vida é só hoje'

Larissa perdeu a batalha para a doença no último dia 22, aos 40 anos
© Pixabay
Larissa Andressa Medeiros morreu aos 40 anos. Médica, ela não quis que o câncer da mama a levasse sem antes deixar uma lição de vida. 

Apesar de Larissa ter falecido no dia 22 de dezembro, somente agora a família divulgou uma carta em que ela fala sobre o que aprendeu com a doença, faz reflexões e agradecimentos. 

Começou por justificar que nos dias que antecederam a morte andava mais "reflexiva e ausente". "Os dias têm sido difíceis", escreveu. "Peço a Deus uma segunda oportunidade ou força para entender se ele tivesse outro propósito", continua. 

Mais adiante, fez alguns pedidos, constatando que "as possibilidades de cura" eram "menores do que as de sucesso". "Luto por 10% de cura! Sem drama, é um fato!", constatou. 

Segundo ela, se algo não corresse bem, e acabasse por morrer, queria, "com muito carinho", que se lembrassem das "coisas" que foi apreendendo. "Hoje ter um, dois, cinco ou 20 milhões num banco, ter um bilhete para uma viagem maravilhosa, um vestido lindo ou poder ir a restaurantes incríveis... um bom vinho, um doce delicioso… NADA disso eu poderia usufruir agora. Não mudaria as minhas hipóteses ou o acesso aos remédios, não teria uma melhoria repentina nem disposição para viajar (não me posso ausentar por mais de 15 dias por causa da quimio, que tem dado muitas reações adversas), não posso beber, comer muitos doces… e não tenho ânimo físico para usar um lindo vestido com alegria". LEIA TODO HISTÓRIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário