terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Hospital usa 'banco de praça' como leito para criança picada por cobra

Isto é no Brasil mesmo !!!
Sem leitos, o Hospital Infantil de Palmas improvisou um banco de madeira, usado em praças públicas, para servir como leito para uma criança de 7 anos que esperava por atendimento. A menina mora em Divinópolis, interior do Tocantins, e foi picada por uma cobra. A denúncia foi feita pela mãe da paciente, Ester Araújo Silva, que também gravou um vídeo para mostrar a situação. A dona de casa conta que a filha foi picada no dedo do pé na noite desta segunda-feira (27) por uma cobra falsa coral, que não é venenosa. A partir daí, a família começou a peregrinação em busca de atendimento médico. "Saí de Divinópolis, primeiro tive os primeiros atendimentos lá, depois fui para Paraíso do Tocantins, não tive atendimento e vim para cá, chegando aqui no Hospital Infantil, um banco de praça para minha filha". Ela relata que o banco foi retirado de um espaço que fica atrás do hospital. 

"Tem um espaço no pátio e tem uns bancos de madeira. Aí a enfermeira com um bom coração, pegou um banco e colocou minha filha". Segundo a mãe, a menina fez exames de sangue e segue em observação no leito improvisado. A Secretaria Estadual da Saúde por meio do Hospital Infantil de Palmas (HIP) disse que a unidade está com uma grande demanda de pacientes que poderiam ser atendidos nas unidades básicas de saúde e UPAS classificados com baixo risco. A Secretaria informou também que todos os pacientes estão sendo atendidos e os profissionais médicos da unidade estão avaliando cada caso para ver a real necessidade de continuidade das internações e reorganização dos leitos. (Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário