quinta-feira, 31 de março de 2016

Saída do PMDB chega em boa hora para repactuar governo, diz Jaques Wagner

O ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República, Jaques Wagner, disse ontem (29) que o Palácio do Planalto recebeu com naturalidade a notícia do rompimento do PMDB com o governo. Para o ministro, o anúncio chega em "boa hora" e abre a oportunidade de "repactuar" o governo com outras forças políticas. Segundo ele, ao mesmo tempo em que perde um "parceiro importante", a presidente Dilma Rousseff já promove conversas no sentido de abrir espaço para novos aliados. 

"O governo recebe com naturalidade a decisão interna do PMDB, agradece todo esse tempo de colaboração que tivemos ao longo desses cinco anos e meses com o governo da presidente Dilma", disse Jaques Wagner. 

Jaques Wagner informou que a presidente terá uma reunião nesta com o núcleo duro do seu governo, da qual poderá participar o ex-presidente da República e indicado para chefiar a Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva, e que até sexta-feira (1º) deve haver novidades sobre o que chamou de repactuação. Fonte:Gilberto Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário