sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Ministro chama Dilma de omissa pela demora em indicar novo nome ao STF

Foto: Reprodução
Após sete meses da saída do ministro Joaquim Barbosa do Supremo Tribunal Federal (STF), a presidente Dilma Rousseff (PT) ainda não indicou um novo nome para substituí-lo na corte. A demora causou indignação do ministro Celso de Mello em sessão plenária, na ultima quinta-feira (26), impedida de prosseguir por conta de um empate ocasionado pela falta do 11º integrante no tribunal. "Essa omissão irrazoável e abusiva da presidente da República já está interferindo no resultado dos julgamentos. Novamente, adia-se um julgamento", bradou o decano. Outro integrante do STF, o ministro Marco Aurélio, endossou o protesto classificando a demora da presidente como "nefasta". Entre os nomes citados na imprensa como supostos candidatos à vaga deixada pela aposentadoria de Joaquim Barbosa, estão os também ministros do STJ, Benedito Gonçalves e Luís Felipe Salomão, e o vice-procurador eleitoral Eugênio Aragão. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário