quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

A tragédia e o oportunismo

A república da bananeira deve ter um absurdo para cada segundo do dia. Não faltam tragédias, desastres, desgraças e catástrofes próximas de se revelarem. 

Vivemos num país de situações extremas: casas em encostas, fome no nordeste, seca, falta de saneamento, prisões superlotadas, favelas armadas, hospitais sem recursos, uma infinidade de assuntos muito sérios e emergenciais.

Mas por que tratar deles de verdade? As excelências de Brasília e do resto do país preferem falar do leite derramado da forma que melhor lhe rendam manchetes.

Agora, um número sem fim de políticos apresenta ideias de CPI sobre o caso de Brumadinho.

O oportunismo diante da tragédia é de mau gosto antigo, a politicália adora, a população começa a compreender o que significa. (Foto: Washington Alves/Reuters) www.fabiocampana.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário