terça-feira, 30 de outubro de 2012

Avião da TAM perde contato com radar e é escoltado por caça da FAB

Um Airbus A320 da TAM teve que ser escoltado por um caça da FAB (Força Aérea Brasileira) na última quinta-feira (25) após perder contato com o controle aéreo em grande parte do voo entre Aracaju e São Paulo. O voo 3665 decolou da capital sergipana às 13h35 com destino a Guarulhos e ficou sem comunicação por mais de uma hora. De acordo com o plano de voo informado à Aeronáutica, a aeronave deveria sobrevoar por Salvador (BA), Porto Seguro (BA), Belo Horizonte (MG) e Poços de Caldas (MG). Como o plano de voo não foi seguido, a FAB decidiu acionar o Comdabra (Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro), que enviou um caça F-5M da base aérea de Santa Cruz, na zona oeste do Rio, para acompanhar o Airbus A320, que pousou em Guarulhos no horário previsto, às 17h. A FAB classificou o caso como "anormal". O procedimento é conhecido como "socorro em voo". Em nota, a TAM confirmou a falta de comunicação e disse que "em nenhum momento houve risco à segurança. A empresa afirmou ainda "que a aeronave esteve todo o tempo identificada nas telas dos radares de vigilância do sistema aéreo, voando em uma rota prevista". A TAM não informou quantos passageiros estavam a bordo. Na sexta-feira (26), um voo da TAM, que iria para Londres, teve que retornar para em Guarulhos após apresentar problema logo após decolar. De noticias.bol.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário