sábado, 31 de agosto de 2019

Em 2020, governo vai precisar de R$ 367 bilhões em crédito extra

Agencia Brasil
Para cumprir regra de ouro, recurso deverá ter aval do Congresso
O projeto de lei orçamentária apresentada ontem (30) pelo governo prevê a necessidade de crédito extra de R$ 367 bilhões para cobrir uma série de despesas públicas, como benefícios previdenciários, pagamento do Bolsa Família, seguro-desemprego, entre outros. A medida depende de aval do Congresso Nacional, tendo em vista a necessidade de cumprimento da chamada regra de ouro. 

Instituída pelo Artigo 167 da Constituição de 1988, a regra de ouro determina que o governo não pode endividar-se para financiar gastos correntes (como a manutenção da máquina pública), apenas para despesas de capital (como investimento e amortização da dívida pública) ou para refinanciar a dívida pública. Nos últimos anos, os sucessivos déficits fiscais têm posto em risco o cumprimento da norma, o que tem levado o Tesouro a buscar fontes de recursos para ter dinheiro em caixa e reduzir a necessidade de emissão de títulos públicos. Leia mais em http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia

Nenhum comentário:

Postar um comentário