sábado, 25 de maio de 2019

Mais um desembargador desiste de julgar habeas corpus de Queiroz

Foto: Reprodução / SBT
O desembargador Antônio Carlos Amado, da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, foi mais um a desistir de julgar o habeas corpus de Fabrício Queiroz, ex-assessor do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo o site da Veja, o HC de Queiroz pede que a quebra de sigilo bancário e fiscal determinada pelo juiz Flávio Itabaiana Nicolau seja anulada. Além disso, solicita o fim da investigação do Ministério Público, que classifica como ilegal.

Um sorteio havia determinado que o julgamento fosse feito pelo desembargador Flávio Horta Fernandes, da 2ª Câmara Criminal. No entanto, este passou o caso para Antônio Carlos Amado, que, nesta sexta-feira (24), transferiu a ação para a 2ª Vice-Presidência do TJ, que fará uma nova distribuição. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário