quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Justiça obriga Record a exibir religião afro

Após ação judicial que durou 15 anos, o canal Record News, de propriedade do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, terá de exibir quatro programas sobre religiões de origem africana. 

A ação foi aberta em 2004. A causa do processo foi a exibição naquele ano, pela TV Record, de diversos programas considerados ofensivos a imagens de religiões de origem africana. 

Foram citados na ação contra a emissora e também contra a extinta Rede Mulher, que pertencia ao Grupo Record, quadros como "Mistérios", "Sessão de Descarrego" e "Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou Demônios?". Procurada, a Record não se manifestou. (Cristina Padiglione)

Nenhum comentário:

Postar um comentário