quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Faltam fiscais, mas sobram 'assessores' de deputados

Par causa da tragédia de Brumadinho (MG), ficamos sabendo que existem apenas 30 funcionários fiscalizar as barragens de todo o país. 

No entanto, em gabinetes de vereadores de algumas cidades tem muito mais "assessores" ganhando salários maiores que o dos técnicos. 

E tem quem sequer precise aparecer no local de trabalho. O Brasil possui órgãos, legislação e políticas sobre a mineração, mas o vemos na verdade é uma promiscuidade entre políticos e empresários. 

Não temos nenhuma necessidade de criação de novos órgãos, o nos falta são políticos com vergonha na cara e de punições exemplares aos gananciosos infratores. Só isso.    por Airton Leitão

Nenhum comentário:

Postar um comentário