quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

A HISTÓRIA DE UM CAMPEÃO - O QUE DISSE A ESPOSA DE SCHUMACHER E QUAIS OS MISTÉRIOS QUE O CERCAM APÓS O ACIDENTE?

ORNAN SERAPIAO
Pouco se sabe sobre o real estado de saúde de Michael Schumacher, sete vezes campeão de Fórmula 1. Desde o acidente de esqui no dia 29 de dezembro de 2013, na França, onde o alemão sofreu uma grave lesão cerebral, a família optou por manter o tratamento em segredo, além de deixar o ex-piloto longe dos holofotes.

Os médicos e amigos próximos também estão proibidos de passar informações para a imprensa, o que só faz aumentar as especulações. Confira a trajetória de Schumacher e todos os boatos sobre sua situação até aqui, além de rara declaração de sua esposa sobre seu estado de saúde.

Entenda o acidente
Foto: STR/AFP/Getty Images
O alemão Michael Schumacher sofreu um grave acidente de esqui nos Alpes Franceses, no dia 29 de dezembro de 2013. 

De acordo com as investigações, o ex-piloto descia uma das pistas do complexo de Méribel, juntamente com o filho Mick e alguns amigos, quando bateu com a cabeça fortemente em uma pedra e sofreu um severo traumatismo craniano.

Momentos de incertezas
Foto: FERRARI PRESS OFFICE/AFP/Getty Images
Depois de bater a cabeça e ficar desacordado, o ex-piloto foi resgatado por um helicóptero e levado até o centro médico de Moutier. Em seguida, ele foi encaminhado ao Hospital de Grenoble, onde passou por cirurgia no cérebro e ficou em coma induzido por seis meses. Ainda segundo as investigações, o capacete conseguiu evitar a morte. Porém, o acessório não o livrou dos profundos danos ao cérebro.

Homem rouba prontuários
Foto: Clive Mason/Getty Images
Um homem chegou a roubar os prontuários médicos de Schumacher do Hospital Universitário de Grénoble, na França, onde ele ficou internado após o acidente. Por conta disso, ele acabou preso. Depois de algumas semanas, o rapaz foi encontrado enforcado dentro da cela. Segundo o Ministério Público de Zurique, o homem era um dos funcionários da companhia suíça Rega, especializada em transporte aéreo emergencial no país. A empresa chegou a ser procurada pela família de Schumacher para levar o ex-piloto do hospital de Grenoble até o de Lausanne. Mas o translado acabou sendo feito de ambulância. Não se sabe ao certo como o ladrão teve acesso ao dossiê. LEIA AQUI TODA HISTÓRIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário