segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Prédio desaba com mais de mil moradores e deixa mortos, feridos e desaparecidos na Rússia

Um desabamento parcial de um prédio em Chelyabinsk, na Rússia, por volta das 6h desta segunda-feira (31) - 23h de ontem (30) no horário de Brasília - deixou pelo menos três mortos, dezenas de feridos e 79 desaparecidos. A causa da queda do edifício ainda é desconhecida, mas a suspeita é que a explosão de gás tenha afetado a estrutura.

No prédio, segundo informações do G1, residem mais de mil pessoas, no entanto, autoridades locais não sabem ao certo quantos moradores estavam em casa no momento do ocorrido. Ainda conforme a reportagem, sete dos nove andares foram ao chão com a possível explosão.

As vítimas "podem estar sob os escombros, em casas de parentes ou em férias", disse Oleg Klimov, vice-governador de Chelyabinsk, a repórteres. O presidente Vladimir Putin ordenou que a ministra da Saúde da Rússia, Veronika Skvortsova, e o ministro para Situações de Emergência, Yevgeny Zinichev, viajassem para Magnitogorsk para coordenar as operações de assistência. Noticias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário