domingo, 30 de dezembro de 2018

Grupo terrorista ameaça matar a ministra Damares Alves

O grupo terrorista que colocou uma bomba numa igreja em Brazlândia, no Distrito Federal, e ameaça fazer um atentado durante a posse de Jair Bolsonaro, disse neste sábado que entre seus alvos está a futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e o presidente da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil e o cardeal Dom Sérgio da Rocha.

A ameaça diz o seguinte: 
- Talvez acabem eles, como o padre Ruben Díaz Acántara, antigo representante máximo da igreja Nuestra Señora del Carmen, em Cuautitlán Izcalli, Estado do México.

Ruben foi morto a facadas em abril deste ano, dentro de uma igreja no México. polibiobraga.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário