sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Dodge pede a Gilmar Mendes para não soltar outros presos com base em decisão de Richa

Foto: Divulgação/ PGR
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o arquivamento de pedidos de liberdade de nove investigados baseados na decisão dele que mandou soltar o ex-governador do Paraná Beto Richa, do PSDB, no último dia 14 (leia aqui).

Para Dodge, os casos são diferentes e a ação dentro da qual Gilmar deu o habeas corpus de ofício ao tucano não traz possibilidade da análise de casos individuais. Entre os pedidos de liberdade, há o de um primo de Beto Richa.

De acordo com o G1, há também pessoas presas por suposta prática de falsificação de duplicata, tráfico de drogas e crimes contra a administração pública, em diferentes situações: alguns antes e outros depois de condenação.

“Os requerentes buscam, sem apoio na Constituição e na lei, atalho processual para ter seu caso diretamente apreciado por um mesmo ministro do STF. Já são 9 petições, e poderão vir mais”, alerta Dodge. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário