sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Carne Fraca: Justiça condena seis

Foram condenadas hoje seis pessoas no âmbito da Operação Carne Fraca, os crimes são de corrupção passiva e passiva privilegiada.
Na ação que investiga as irregularidades na Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Paraná, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Ministério Público Federal fala sobre irregularidades cometidas por funcionários públicos que atuavam nas empresas, entre elas a frigoríficos ligados ao grupo JBS, a BRF Brasil Foods, entre vários outros frigoríficos de menores.
No despacho, o magistrado cita as vantagens indevidas que foram pagas em forma de apoio político ao PTB de Goiás. “Não há qualquer dúvida de que DINIS LOURENÇO DA SILVA e WELMAN PAIXÃO SILVA OLIVEIRA solicitaram vantagem indevida a RONEY NOGUEIRA DOS SANTOS em razão das funções públicas exercidas por ambos. A vantagem consistiu no pagamento de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) sob a forma de ‘apoio político’ alegadamente para engordar o caixa do PTB em Goiás”, cita o magistrado.
Os condenados: Leia Mais »

Nenhum comentário:

Postar um comentário