sábado, 28 de abril de 2018

Antes de ser preso, Lula falou em apoiar um candidato nordestino

Radar On-Line, VEJA
Lula costuma defender teorias distintas, por vezes contraditórias, quando ainda não tomou uma decisão ou não quer que saibam o que ele pensa.

Cerca de 15 dias antes de ser preso, numa conversa com correligionários de São Paulo, o ex-presidente pregou a necessidade de o PT lançar ou apoiar um candidato do Nordeste, caso ele próprio não pudesse concorrer.

Não por acaso, os interlocutores integravam a ala que detesta a ideia de ter Fernando Haddad na cabeça de chapa e defendem o baiano Jaques Wagner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário