sábado, 31 de março de 2018

Dodge pede novos depoimentos de Yunes e outros presos na Operação Skala

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a realização de novos depoimentos dos presos na Operação Skala neste sábado (31), incluindo do amigo do presidente Michel Temer, José Yunes, que foi um dos primeiros a falar. Segundo informações do jornal O Globo, Dodge pediu que integrantes da PGR participem das audiências desta vez. A maior parte dos presos na Operação Skala falou à Polícia Federal na última quinta-feira (28), mesmo dia em que foram detidos. Como os integrantes da Procuradoria só chegaram a São Paulo no final do dia, eles não puderam participar. O ex-ministro Wagner Rossi e seu ex-assessor Milton Hortolan também devem ter uma audiência neste sábado. Os procuradores também querem um depoimento do coronel João Baptista Lima. No entanto, a defesa dele argumenta que ele ainda não tem condições físicas e psicológicas de falar sobre o caso. A Operação Skala busca coletar provas para o inquérito que apura se o decreto de portos assinado no último ano foi editado por Temer para beneficiar a Rodrimar, empresa que atua no porto de Santos, no litoral de São Paulo. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário