quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Tribunal nega novo pedido para afastar juiz Sérgio Moro de processo contra Lula

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou um pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para afastar o juiz Sérgio Moro do processo em que ele é réu por suspeita de receber propina da Odebrecht. Segundo informações do G1, os advogados de Lula alegaram que, durante uma palestra, Moro teria dado um "aconselhamento" à Petrobras, que funciona como assistência da acusação em diversas das ações penais da Operação Lava Jato. A ação da qual a defesa de Lula pediu o afastamento de Moro apura se o ex-presidente recebeu propina da Odebrecht por meio de um terreno em São Paulo, que seria usado para a instalação do Instituto Lula, e um apartamento na cidade de São Bernardo do Campo, vizinho à residência de Lula. No último ano, o TRF-4 já havia negado o afastamento do juiz federal de processos relacionados ao ex-presidente. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário