terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

PGR pede ao STF que Segovia fique impedido de interferir em inquérito sobre Temer

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
A Procuradoria Geral da República (PGR) informou nesta segunda-feira (26) que emitiu manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, fique impedido de interferir no inquérito relacionado ao presidente Michel Temer. No documento encaminhado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao ministro Luís Roberto Barroso, do STF, ela pede que Segovia se abstenha de "qualquer ato de ingerência sobre a persecução penal em curso". Em entrevista publicada pela agência Reuters no início do mês, o diretor-geral da PF indicou que o inquérito sobre Temer deve ser arquivado por falta de provas (veja mais). No mesmo documento encaminhado ao STF, Dodge se manifestou a favor da prorrogação do inquérito que foi alvo de comentários de Segovia.  BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário