sábado, 30 de setembro de 2017

SALVADOR-BA: Mãe faz ‘vaquinha’ online para pagar tratamento de doença que causa feridas na pele da filha de 10 anos

Letícia precisou cortar os cabelos, por causa os ferimentos no couro cabeludo | Foto: Arquivo pessoal
A dona de casa Janete do Vale, de 33 anos, moradora do bairro da Boca do Rio, em Salvador, resolveu criar uma “vaquinha” na internet para ajudar a custear o tratamento da filha de 10 anos, que tem uma doença inflamatória grave na pele. Com dez dias de campanha, Janete arrecadou R$ 1.205, até esta sexta-feira (29). 

O valor total do tratamento, no entanto, está bem longe disso. Janete precisa arrecadar cerca de R$ 5 mil reais, para que Letícia possa fazer pelo menos 30 sessões de fototerapia, técnica baseada na interação da irradiação da luz na pele. 

Letícia foi diagnosticada com dermatite atópica crônica há sete anos. O quadro de saúde dela se agravou no ano passado. “Minha filha convive com a dermatite desde os três anos. Ela foi diagnosticada com dermatite atópica crônica, mas hoje o estado dela evoluiu para grave”, explica Janete.
Campanha na internet incentiva doações | Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Desde o diagnóstico, a menina faz tratamento com medicamentos, como antibióticos e corticóides. Segundo Janete, a dermatite de Letícia tem tratamentos paliativos, mas não tem cura. Nos últimos três meses, ela desenvolveu um quadro infeccioso e tem febres constantes e por isso, Letícia precisou parar de frequentar a escola. 

“Desde pequena, ela nunca ficou sem tomar remédios. Nos últimos anos, as crises evoluíram e ela passou a ter também problemas respiratórios, mas a gente sempre conseguia contornar. No ano passado, a crise agravou e ela passou a ter feridas em todo o corpo. Minha filha sobrevive à base de medicação”, conta a mãe de Letícia. 

A família criou uma página no Facebook, a Ajude Lety A Voltar A Sorrir, para incentivar as pessoas a fazerem a doação. As doações para a garota podem ser feitas na página da vaquinha, chamada Ajude Let a voltar a sorrir.  Do Portal NS/Fonte: G1 BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário