segunda-feira, 7 de agosto de 2017

PT e seus satélites mandam militantes armados para reforçar milícias bolivarianas da Venezuela

- A foto é da nova líder petista, Gleise Hoffamann, apoiadora do regime ditatorial de Nicolas Maduro, durante reunião do Foro de São Paulo.

O Partido dos Trabalhadores (PT), organizações sindicais de extrema esquerda e movimentos sociais de caráter comunista como o MST e MTST, estão financiando militantes para seguirem até a Venezuela. A intenção é apoiar e dar suporte, inclusive no reforço das milícias armadas pelo governo de Maduro, contra as manifestações pela deposição do presidente.

As informações são dos serviços de inteligência do Brasil, segundo nota desta tarde do blog DefesaNet. Leia mais:

Essas caravanas estão seguindo de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Estados do Nordeste onde estão os principais redutos petistas. A organização do movimento em solidariedade e apoio à revolução bolivariana na Venezuela tem entre seus articuladores o próprio ex-presidente do Brasil e presidente de honra do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula, que tem mantido contatos diários com o presidente Maduro.

O pronunciamento da presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann em favor do governo bolivariano na Venezuela e denominando de golpe da direita reacionária as manifestações de rua, que já levaram a mais de 120 mortes nos últimos meses. O pronunciamento foi um chamado geral para que a militância seguisse para a Venezuela. CLIQUE AQUI para entender toda história no site Defesa.Net.

Nenhum comentário:

Postar um comentário