domingo, 6 de agosto de 2017

Próxima denúncia contra Temer terá crimes anteriores ao mandato

Lauro Jardim, O Globo
A PGR tem trabalhado para incluir fatos novos — e graves — na próxima denúncia contra Michel Temer.

Vai acusá-lo de integrar uma organização criminosa e de tentar obstruir a Justiça dando aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha.

Mas, até agora, tudo que deve ser incluído na nova denúncia se refere a crimes ocorridos antes de Temer assumir a Presidência.

Partindo da interpretação do próprio Rodrigo Janot de que não se pode investigar um presidente no exercício do mandato por fatos anteriores à posse, nenhum desses novos fatos deve agravar a situação jurídica do presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário