quarta-feira, 2 de agosto de 2017

PMDB em maus lençóis

O doleiro Jorge Luz e o filho, Bruno, são acusados de abastecer o PMDB com dinheiro vindo sabe-se lá de onde. A delação dos dois vai fazer muito mal ao partido.
Jorge Luz entregou hoje a Sergio Moro uma série de extratos bancários com contas no exterior que foram usadas para pagamentos de propinas a caciques do partido, como Renan Calheiros e Jader Barbalho.
Os pagamentos foram feitos pela empreiteira Schain em troca de benefícios em contratos com a Petrobras.
Na contratação da plataforma V.10.000, em 2007, por exemplo, foram repassados 185 mil dólares aos dois. O dinheiro também teria beneficiado o deputado Aníbal Gomes (PDMB-CE) e o funcionário da BR Distribuidora Sillas Oliva Filho.
Segundo os extratos de Jorge e Bruno Luz, só no contrato desta plataforma a Schain movimentou 3,5 milhões de dólares em propinas entre os anos de 2007 e 2008. Com informações de Ernesto Neves e foto de Fabio Rodrigues Pozzebom da Agência Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário