terça-feira, 8 de agosto de 2017

Ministro do Planejamento garante que governo não tomou decisão sobre meta fiscal

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Diante da possibilidade de elevação da meta fiscal, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, negou que haja uma decisão do governo sobre o tema. De acordo com o titular do Planejamento, o governo continua estudando cenários para ajustar as contas públicas, que incluem o adiamento de reajustes concedidos a servidores públicos para ajudar a contornar as restrições do Orçamento. "Dentro dos cenários que estamos discutindo há a possibilidade de considerar também um adiamento dos reajustes concedidos [para uma parte do governo] no próximo ano", afirmou, em almoço com empresários do Grupo Lide nesta segunda-feira (7), segundo a Folha de S. Paulo. Conforme o ministro, não há datas para fechar a questão sobre a revisão da meta. "Não posso assegurar valor, não posso assegurar nem que haverá mudança", garantiu. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário