quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Mães com insônia têm quase duas vezes mais chance de ter bebês prematuros

Quando a mãe não consegue dormir, o bebê fica com pressa de sair. Rimas bobas à parte, essa foi a principal conclusão de um estudo publicado na Nature.

Um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia (UFSC) analisou os prontuários de 3 milhões de mães norte-americanas em busca de fatores de risco para nascimentos prematuros – e descobriu que mulheres diagnosticadas com apnéia do sono ou insônia têm quase duas vezes mais chances de ter o bebê um mês e meio antes do tempo normal de gestação. Todas deram à luz em hospitais da Califórnia entre 2007 e 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário