sábado, 12 de agosto de 2017

Joesley Batista deve confirmar delação sobre propina em jantar com Fábio Faria

Foto: Reprodução / YouTube
O empresário Joesley Batista, um dos sócios da J&F, controladora da JBS, deverá confirmar que o deputado Fábio Faria (PSD-RN) esteve na negociação de propina em um jantar. A informação foi delatada no acordo do empresário Ricardo Saud, segundo o qual estiveram presentes os executivos da JBS, o deputado e o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. As esposas de cada um também estiveram presentes, entre elas a jornalista Ticiana Villas Boas e a apresentadora e filha de Silvio Santos, Patrícia Abravanel. De acordo com a colunista Andreia Sadi, do G1, Joesley deverá explicar que a conversa aconteceu separadamente das esposas que estavam no jantar, que aconteceu na casa de Joesley em São Paulo. O empresário prepara ainda cerca de 50 anexos para complementar detalhes sobre pagamentos a políticos já delatados, além de notas e locais de entrega de dinheiro às pessoas que constam nas planilhas entregues à força-tarefa da Lava Jato. Nesta sexta-feira (11) foi revelado que o casal Fábio Faria e Patrícia Abravanel tentam anular o trecho da delação de Saud em que ambos são citados. Faria teria recebido R$ 10 milhões em propina. A herdeira do SBT teria até recebido uma mensagem de solidariedade de Ticiana Villas Boas, esposa de Joesley Batista. "Oi, Pati, sou eu, Tici. Estou ligando para você e mandando essa mensagem para te falar do meu apoio. Então, o que eu quero falar é que eu acho um absurdo isso tudo... que está acontecendo. Aquele jantar, imagina só, não tem nada a ver... do que falaram, foi um jantar normal, eu não vi nada de dinheiro, de nada que beirasse ser ilícito. Se você for chamadapara depor, ou tiver qualquer tipo de implicação para você, eu sou sua testemunha de defesa e vou deixar claramente que é um absurdo", disse Ticiana em mensagem enviada em 1º de junho (veja mais aqui). BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário